MCLG Advogados Associados

perfil
 
07.06.2009

Santos embarca 74,4% das sacas de café do País

O Porto de Santos embarcou 9,28 milhões de sacas de café com destino ao exterior de janeiro a maio passados. O montante equivale a 74,4% do total escoado pelo Brasil no período egerouUS$1,29bilhãoemdivisas ao País. O Porto de Vitória (ES), com 1,61 milhão de sacas, foi responsável por 13% das exportações e o Rio, com 1,21 milhão de sacas, por 9,8%. Os dadosforamdivulgados ontempelo Conselho dos Exportadores deCafé do Brasil(Cecafé).

Considerando todos os complexos que operam com a commodity, o País exportou no período 12,47 milhões de sacas, gerando receita bruta de US$ 1,67 bilhão ­ 6% menos que o registrado no mesmo período do ano passado (US$ 1,79 bilhão). Apesar da queda na receita, o volume movimentado teve incremento de 12% frente a 2008, com 11,1 milhões de sacas exportadas.
SegundooCecafé,otipoarábicocontinuasendooprediletopelos consumidores estrangeiros, com88%de participação.Otipo solúvel alcançou 9% das vendas eorobusta,3%.
 
O Conselho anunciou que, no acumulado dos últimos 12 meses (junho de 2008 a maio de 2009), o País exportou 30,85 milhões de sacas do produto, comreceitadeUS$4,6bilhões.
 
A principal compradora do café brasileiro entre janeiro e maio foi a Alemanha (2,41 milhões de sacas, ou 19%), seguida pelos Estados Unidos (2,3 milhões, ou 19%). Completam a lista a Itália (1,21 milhão de sacas, ou 10%), o Japão (1,01 milhão, 8%) e a Bélgica (873 milsacas,7%).